ACONTECEU

OZ

Ballerin Cia de Dança

09 de novembro de 2019

A Ballerin Cia de Dança, em edição comemorativa aos 10 anos de escola, traz aos palcos o espetáculo Oz, dirigido por Fernanda de Christo. A escola faz uma releitura do famoso clássico da literatura e do cinema. O Maravilhoso Mágico de Oz é a principal obra do escritor Lyman Frank Baum. Ao final do século XIX eclodiu um movimento entre autores e produtores de livros infantis no continente europeu. Eles defendiam a criação de histórias desprovidas da violência que diziam povoar as páginas dos antigos contos de fadas. Oz conta a história de Dorothy Gale, uma menina que vivia numa fazenda do Kansas, nos Estados Unidos. Um dia, um ciclone arranca do chão a casa onde morava. Dorothy e seu cachorro, Totó, buscam abrigo dentro de casa, mas esta acaba sendo levada durante muito tempo pelos ares até chegar à Terra de Oz.

 

Lá, Glinda, a Bruxa Boa do Norte, explica a Dorothy que ela havia matado a Bruxa Malvada do Leste, pois a casa aterrissou em cima dela. Dorothy agora é, por direito, dona dos sapatos vermelhos mágicos da bruxa má. Além disso, Glinda lhe dá um beijo na testa, para ela ficar em segurança durante as aventuras que viveria a caminho da Cidade das Esmeraldas, onde vive o poderoso Mágico de Oz, o único que poderia ajudá-la a voltar para o Kansas. Para chegar à Cidade das Esmeraldas, Dorothy tem que seguir por uma estrada de tijolos amarelos. Durante a caminhada, ela conhece novos amigos: o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão. Os três se juntam a Dorothy, pois também querem encontrar Oz e pedir algo para ele: o Espantalho quer um cérebro para pensar como os homens; o Homem de Lata, um coração para poder amar, e o Leão quer coragem para ser o Rei dos Animais.

A partir daí os quatro encaram perigos, vivem histórias fantásticas e aprendem a enfrentar os próprios medos.

 

"-Eu não posso entender por que você deseja sair deste lindo país e voltar para o lugar seco e cinzento que você chama de Kansas.

-Isso é porque você não tem cérebro - respondeu a menina - Não importo o quanto nossos lares sejam monótonos e cinzentos, nós, as pessoas de carne e osso, preferimos morar lá do que em qualquer outro país, por mais bonito que seja. Não existe nenhum lugar como o nosso lar." (O Maravilhoso Mágico de Oz, L. F. Baum)

 

Pelas estradas da vida aprendemos que, é justamente nos piores momentos, nas piores situações da nossa vida, que somos obrigados a mudar, que somos forçados a despertar em nós muitos sentimentos adormecidos. São nas fases mais complicadas que nos vemos forçados a agir diferente perante os grandes obstáculos que surgem no nosso caminho.  O espantalho que não tinha cérebro, foi forçado a pensar, criar, a imaginar fórmulas para sair dos problemas que estava. O leão que sempre foi covarde, foi forçado a criar coragem para enfrentar os seus grandes inimigos. O homem de lata que vivia enferrujado, foi forçado a sair do comodismo, foi forçado a sentir que precisava mudar. Dorothy descobriu que precisa aprender usar o cérebro, que precisa também de coragem e que sem um coração nada disso vale a pena. 

 

Sempre no meio das situações complicadas surge uma estrada de tijolos amarelos que nos leva ao encontro do nosso verdadeiro ser, da nossa alma, do nosso coração. Essa estrada vem para nos reconectar com o que perdemos há muito tempo. Vale lembrar que sempre depois uma tempestade surge um arco-íris, com um grande sol para iluminar a nossa vida. 

 

Tudo o que você busca já está em você! 

AGENDA

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções.

NOME:

EMAIL:

FACEBOOK

ALVARÁ

ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO
INSCRIÇÃO MUNICIPAL Nº 100554
VALIDADE: INDETERMINADA
CERTIFICADO DE CONFORMIDADE DE PPCI Nº 5266/1
VALIDADE 30/09/2021